Logo
Artistas

Filipe Martins

Filipe Martins é realizador, professor (ESMAD) e investigador (IF-UP). A sua filmografia inclui filmes nos géneros de ficção, documentário e videodança, selecionados em diversos festivais nacionais e internacionais. Realizou curtas-metragens como “Casa de Vidro” (competição Internacional no Festival de Clermont-Ferrand (2019), seleção oficial no Festival de Roterdão (2019)); “Landing” (prémio de melhor filme português no Lisbon Internacional Film Festival (2016), melhor estreia mundial em vídeo no Festival de Cinema de Avanca (2016), menções especiais do Júri no Festival Caminhos do Cinema Português (2016) e no Paisagens (2017); “Untraceable Patterns” (prémio de melhor realizador português no InShadow (2012)); e “Dido e Eneias” (estreia nacional no Teatro Nacional de São João e competição Internacional no Curtas de Vila do Conde (2007)). Realizou também duas longas-metragens: “Este Filme” (Fantasporto, 2002) e “Marias da Sé” (2018). Doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (2014), com bolsa pela FCT. Mestre em Cultura Contemporânea (Universidade Nova de Lisboa, 2005) e licenciado em Arte e Comunicação, ramo audiovisual (ESAP, 2002). Investigador integrado no Instituto de Filosofia da Universidade do Porto, no grupo de Investigação Estética, Política e Conhecimento. Publicou diversos artigos e participa regularmente em conferências e encontros académicos, com intervenções nas áreas da semiologia, narratologia, estética e estudos fílmicos. A sua tese de doutoramento está publicada com o título “Sentido Narrativo” (Afrontamento, 2016). Organizou ou coorganizou os livros “Unframing Archives” (2018), “Trajetos da Narratividade” (2017), “Deslocações da Intimidade” (2015) e “Das Imagens Familiares” (2013). Tem também dois livros de ficção editados. Codiretor e programador do festival internacional de cinema Family Film Project, que ocorre anualmente no Porto desde 2012. Organizador de ciclos de conferências como o colóquio Narrativa, Média e Cognição (FLUP, 2016) e o Fórum do Cinema e Audiovisual (ESMAE, 2016). Programador de cinema do IRI – Imagens do Real Imaginado. Professor adjunto convidado na Escola Superior de Media Artes e Design do Instituto Politécnico do Porto (ESMAD), sendo atualmente diretor do Mestrado em Comunicação Audiovisual. Ocupou também outros cargos académicos, como o de vice-presidente do Departamento de Artes da Imagem e coordenador da Pós-Graduação em Argumento. Lecionou durante vários anos no Balleteatro, na Escola Superior Artística do Porto (ESAP) e na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) em áreas ligadas ao argumento, realização, interpretação e pós-produção cinematográfica.