Logo

Projetos com a Comunidade

Setembro de 2019 – setembro de 2021

VAMOS IMAGINAR UM BAIRRO DE LUZ

O programa de residências artísticas desenhadas para o Bairro do Cerco do Porto tem como base a criação de uma forte dinâmica artística e cultural no seio da comunidade do Bairro, através da qual os jovens envolvidos possam criar fortes ligações com o mundo artístico e encontrem novos sentidos que aportem maior brilho às suas vidas.

A partir do Bairro e com base na cultura urbana partilhada por todos, pretende-se criar um projeto inovador e transformador, através do qual os jovens se revejam e possam construir novas pontes com a cidade e com o mundo.

Destinado a jovens entre os 12 anos e os 17 anos residentes no bairro e de comunidades mais desfavorecidas, é proposto um programa de residência com artistas que de uma forma especial, muita direta e próxima irão desenvolver um vasto leque de atividades através das quais se pretende dar ferramentas técnicas e artísticas aos jovens envolvidos. Das atividades fazem parte: Oficinas de escrita, canto, movimento, produção/composição musical e criação de performance, que envolva todas as competências adquiridas.

Considerando a música como uma arte muito democrática e que tem extensão e se cruza facilmente com outras, será a partir da música e com incidência no gosto pela música, tão comum a todos e sobretudo aos jovens, que o programa se expande.

A possibilidade dos jovens trabalharem com artistas das áreas das artes performativas, dança contemporânea, urbana, musica, teatro, canto e produção artística irá promover a criação de um projeto final capaz de ser apresentado num formato profissional, dando dignidade e brilho ao trabalho dos participantes.

A expressão final do projeto, será a imagem representativa da forma de estar e sentir dos jovens, ou seja, pretende-se tornar visível o que está normalmente mais oculto por se encontrar na margem ou fechado em si mesmo.

Os jovens terão oportunidade de experimentar e trabalhar partindo dos seus desejos e explorando novos territórios através dos quais as suas histórias ganhem novos e belos sentidos, com vista a criação de um mundo mais suave e menos violento para todos.

Um programa que pretende ter um impacto na inovação social através da arte, elevando cada um dos indivíduos como alguém especial e único, com um papel importante a desenvolver na sociedade, um papel que pode fazer a diferença, fazendo-o neste caso servindo-se da matéria a explorar neste programa, cuja expressão final será a intervenção performativa e produção em formato de edição de musicas. Através dos vários momentos e atividades propostas será fortalecido o contacto entre os participantes, fomentando o capital social e melhorando a compreensão e o entendimento da cultura e sua diversidade, sempre com um grande objetivo: aumentar a coesão social e tornar a comunidade mais rica, mais forte e mais brilhante.

O trabalho artístico é por natureza facilitador na formação do ser humano, integrado no Bairro, lugar protegido e familiar, poderá contribuir para uma comunicação mais aberta e franca que a partir dali se possa expandir para o mundo.

O programa pretende contribuir para a descoberta, valorização pessoal, que permite a realização e uma vida mais feliz.

“Imaginar é ausentar-se, é lançar-se a uma vida nova”
Gaston Bachelard

 Público-alvo: jovens residentes no bairro Cerco do Porto e de comunidades mais desfavorecidas

 Objetivos
- Promover a inclusão da comunidade mais desfavorecida, através da arte e da cultura;
- Criar um espaço onde os participantes possam encontrar fortes razões para aprofundarem conhecimentos numa área artística atual através de um forte desenvolvimento pessoal, cujo grande desafio é aprender a conhecer se melhor, de forma mais profunda e numa relação sensível com o mundo;
- Fornecer ferramentas técnicas e artísticas aos jovens participantes;
- Contribuir para uma comunidade artística dentro do Bairro;
- Criar uma dinâmica a partir de um espaço próprio no Bairro, que poderá ser uma referência artística no futuro da cidade;
- Promover competências artísticas através de Oficinas com vários artistas de várias artes;
– Promover o contacto com alunos do balleteatro escola profissional de forma a estabelecer relações artísticas e pessoais para lá do bairro;
- Criar uma referência produção artística para a cidade e para o país;
- Difundir eventos regulares de programação cultural e artística num território mais vulnerável da cidade;
- Programar atividades no espaço mais regulares e fora do bairro em espaços de sala de espetáculo da cidade (Casa da Música, Teatro Municipal Campo Alegre), nos quais se apresentam resultados do projeto e se cria um foco de atenção para a comunidade através da partilha com o público da cidade num formato de mini festival.

Video

Documentos


Direção e coordenação do projeto Isabel Barros
Direção musical Jorge Queijo
Equipa de artistas Jorge Queijo, Rita Pinheiro, Sérgio Filipe
Assistente de projeto Lúcia Ribeiro
Audiovisual Raul Sousa

Projeto apoiado por:
Câmara Municipal do Porto
DomusSocial – Empresa de Habitação e Manutenção do Município do Porto
AIIA Abordagem Integrada para a Inclusão Ativa

Projecto financiado por

Todos

setembro de 2020 a junho de 2022

A DANÇA CONTEMPORÂNEA - CRIAÇÃO DE UM NOVO LUGAR
CRIARTE PORTO


Medidas Educativas Orientadas para a Promoção do Sucesso Educativo e para a prevenção do Abandono Escolar no Âmbito dos DLBC Urbanos
Candidatura DLBC (Desenvolvimento Local de Base Comunitária)

A Dança Contemporânea - criação de um novo lugar
A presente atividade consiste num trabalho contínuo de dança contemporânea ao longo de dois anos letivos com turmas de 2º e 3ºciclo. Esta ação pretende contribuir para que os alunos encontrem razões para aprofundarem conhecimentos numa área artística atual que permite aprendizagens de autoconhecimento e desperta relações de maior sensibilidade com o mundo.
O trabalho artístico é por natureza facilitador na formação do ser humano e integrado na escola poderá contribuir para uma comunicação mais aberta entre disciplinas e ser o motor para que os alunos encontrem interesse e descubram outra forma de estar na escola, sentindo o quanto ela pode contribuir para a descoberta, valorização pessoal, que permite a realização e uma vida mais feliz. A atividade dança contemporânea irá promover e estimular o aluno como alguém capaz de criar, será orientada por professores atentos e com grande preparação técnica e artística. A premissa será sempre desenvolver o movimento individual, num grande respeito por cada um enquanto pessoa única, criando um espaço de questionamento das relações humanas e de tudo o que nos cerca. As aulas serão uma espécie de laboratórios de experimentação. Entre exercícios escritos e de improvisação, os fundamentos da dança contemporânea serão sempre abordados: o tempo, o espaço, a energia, a criação e a investigação. A singularidade de cada aluno e do grupo associada ao prazer de dançar será também a base de trabalho.
A atividade irá reforçar o interesse pela escola como um todo, estimulando uma relação de pertença e contribuindo para fortalecer a aprendizagem baseada em projetos, os quais serão matéria para abrir outros caminhos e ajudar a encontrar a orientação e projetos de vida.

Público-alvo: 
crianças que frequentam o 1.º e 2.º ciclo do ensino básico da rede pública do Município do Porto

Objetivos:
- Criar sinergias geradoras de promoção do sucesso educativo e contribuir para a resolução de problemas sociais complexos, nomeadamente do insucesso e abandono escolar;
- Promover a melhoria do sucesso educativo das crianças do ensino pré-escolar e dos alunos do 1.º, 2.º e 3.ºciclos do ensino básico, combatendo o insucesso escolar e reduzindo as saídas precoces do sistema educativo;
- Valorizar o território através de ações e recursos promotores de sentimentos de pertença e coesão social;
- Reforçar as aprendizagens e alavancar competências pessoais, relacionais e sociais bem como os níveis de vinculação da comunidade educativa ao espaço escolar como mecanismo potenciador de qualidade e equidade.

Documentos


Direção do Projeto: Isabel Barros
Coordenação: Alexandrina Pinto
Assistência do Projeto: Lúcia Ribeiro
Formadores: Ana Ester e Mariana Castro

Projecto financiado por

Todos

setembro de 2020 a junho de 2021

O TEATRO - ENCONTRAR O MUNDO A PARTIR DA ESCOLA
CRIARTE PORTO

Medidas Educativas Orientadas para a Promoção do Sucesso Educativo e para a prevenção do Abandono Escolar no Âmbito dos DLBC Urbanos
Candidatura DLBC (Desenvolvimento Local de Base Comunitária)

O Teatro: encontrar o mundo a partir da escola
A atividade proposta para integrar esta candidatura consiste num trabalho contínuo na área do teatro ao longo de um ano letivo com turmas de 5º e 7º ano de escolaridade. Através das aulas de teatro, pretende-se criar um espaço de partilha, aprendizagem e reflexão sobre o mundo. O Teatro é uma arte que contribui profundamente para a descoberta de si e do outro, fundamental na construção e conhecimento individual e relação com o mundo, permitindo uma atuação mais culta, mais crítica e mais sólida. O estímulo criativo, a memorização, o desenvolvimento de vocabulário, o trabalho com o corpo de forma inteira (voz e movimento) contribuiu para um crescimento mais seguro, mais autónomo e mais confiante.
Como objetivo máximo, a atividade pretende reforçar o interesse pela escola como um todo, estimulando uma relação fraterna, cúmplice e estimulante, contribuindo para ajudar o crescimento de forma mais feliz.

Público-alvo:
crianças que frequentam o 1.º e 2.º ciclo do ensino básico da rede pública do Município do Porto

Objetivos:
- Criar sinergias geradoras de promoção do sucesso educativo e contribuir para a resolução de problemas sociais complexos, nomeadamente do insucesso e abandono escolar;
- Promover a melhoria do sucesso educativo das crianças do ensino pré-escolar e dos alunos do 1.º, 2.º e 3.ºciclos do ensino básico, combatendo o insucesso escolar e reduzindo as saídas precoces do sistema educativo;
- Valorizar o território através de ações e recursos promotores de sentimentos de pertença e coesão social;
- Reforçar as aprendizagens e alavancar competências pessoais, relacionais e sociais bem como os níveis de vinculação da comunidade educativa ao espaço escolar como mecanismo potenciador de qualidade e equidade.

Documentos


Direção do Projeto: Isabel Barros
Coordenação: Alexandrina Pinto
Assistência do Projeto: Lúcia Ribeiro
Formadores: Daniel Pinheiro, Inês Cardoso, Ricardo Ribeiro

Projecto financiado por

Todos

janeiro de 2020 - dezembro de 2022

PRAIA GRANDE 

A Praia Grande pressupõe a criação de um programa inovador ao nível social e cultural, o qual pretende contribuir para a construção de estratégias alternativas à violência através da resolução dos conflitos de forma não violenta: comunicação, diálogo, assertividade, autocontrole, respeito pelos outros, utilizando de forma consciente o ofício das crianças que é a atividade lúdica, a brincadeira e o jogo.

O plano da Praia Grande consiste em criar uma “Praia” dentro da sala de aula e estender a praia para lá da escola, até casa. A Praia é um espaço sem barreiras, solar, imenso, de harmonia, através do qual cada um vai tentar encontrar a sua importância e particularidade contribuindo para que o problema lentamente se desfaça como se fosse uma onda que desliza até à areia e se funde naturalmente com ela.

A metáfora da Praia, neste caso Praia e Grande, transporta-nos para uma dimensão de liberdade, de bem-estar e de vontade de correr, mergulhar e brincar uns com os outros. É dessa forma que iremos usar essa Praia Grande partindo da bela história escrita pelo João Paulo Seara Cardoso.

Público-alvo:
crianças que frequentam o jardim-de-infância da rede pública do Município do Porto

Objetivos:
- Sensibilizar para a temática "Violência entre pares em contexto escola" partindo da história Praia Grande, de João Paulo Seara Cardoso;
- Desenhar ações de prevenção universal ou seletivas de forma consistente, sustentadas e articuladas, que mobilizam os diferentes saberes da criação artística, da psicologia, da pedagogia e do coaching para que se desenvolva nas crianças e nos adultos um saber estar que tenha como referência os valores da igualdade, da democracia, da liberdade e da justiça social;
- Estimular o desenvolvimento de competências essenciais aos desafios da contemporaneidade: resolução de problemas, espírito crítico, criatividade, comunicação, gestão de stress, intolerância, resiliência, isolamento, desesperança e o empoderamento dos pais, permitindo-lhes vivenciar novas experiências, desconstruindo quotidianos, criando espaços de partilha e de escuta ativa.
-Envolver toda a comunidade na sensibilização para a temática da violência entre pares;
-Contribuir para o desenvolvimento integral das crianças e para o sucesso educativo, criando condições de interação entre o jardim-de-infância, a família e a comunidade educativa;
-Fomentar a educação artística, a cultura científica, a formação cívica e para a cidadania como ferramentas essenciais aos processos de ensino/aprendizagem.

Para mais informação consulte o site:
www.praiagrande.com.pt

Documentos


Coordenação: Isabel Barros
Colaboração: Sara Bereny
Assistência do Projeto: Lúcia Ribeiro
Trabalho em contexto de sala de aula com as crianças: Sara Ralha (psicóloga) e Diana Costa (educadora)
Trabalho com famílias e educadores de infância: Rui Paulo (coach)

Projecto financiado por

Praia Grande